Você sabe o que atrapalha o sinal do seu Wi-Fi ?





Publicado em 18 de março de 2019 por Romulo Vieira

Paredes, portas, vidros, espelhos e até mesmo a umidade do ar podem afetar o sinal Wi-Fi, em aparelhos que trabalham com a frequência na faixa de 5 GHz, a perda de sinal fica mais perceptível.

A distância também influencia no sinal. Quanto mais distante o host do ponto de acesso, mais fraco fica o sinal. Isso recebe o nome de atenuação.

Atenuação nada mais é do que a perda de sinal. A distância e as barreiras, causam perda de sinal. Ou seja, quanto mais barreiras existir entre o roteador, ou o ponto de acesso, e o host, ou mais distante estiverem, mais fraco ficará o sinal.

Vamos imaginar duas pessoas conversando. Quanto mais paredes houverem no caminho, ou quanto mais longe uma pessoa estiver da outra, mais baixo o som ficará e mais difícil será para o ouvinte distinguir o que está sendo dito.

É isso que acontece com o sinal de wi-fi também. Pode ser que o sinal sem fio chegue mais fraco na sala por conta do número de paredes e outros objetos que ele tem que penetrar. Mas não existem muitas barreiras desse tipo entre meu quarto e a sala. O que pode estar afetando o Wi-Fi?

Além dessas barreiras, existem outras que também podem atrapalhar o sinal do Wi-Fi.

Vamos voltar ao exemplo das duas pessoas conversando. Se por acaso outras pessoas estiverem conversando ao mesmo momento, pode ser difícil distinguir o que a pessoa que você está conversando está dizendo em meio ao caos de vozes.

Com as redes sem fio esse tipo de problema também ocorre. Como elas se comunicam em frequências específicas, outros aparelhos que trabalham nessas frequências atrapalham a comunicação.

Telefones sem fio, micro-ondas, dispositivos bluetooth e outros dispositivos sem fio, como outras redes sem fio interferem no sinal Wi-Fi.

“Como assim, um Wi-Fi atrapalha outro?”

Bem, sim e não. Se dois equipamentos trabalharem em frequências diferentes esse problema não ocorre, pois seria como se duas pessoas estivessem se comunicando por voz e outras duas estivessem por texto. As “frequências” não se encontram.

Agora, se dois equipamentos trabalharem na mesma faixa de frequência, isso já se torna perceptível.

“Existe alguma maneira de resolvermos esse problema?”

Existe uma possibilidade, que é de modificar um pouco a frequência na qual a rede atua. Assim o sinal de uma não interfere em outra.

Curta nossa página e receba novidades